Saiba quais são as regras práticas para treinar sua equipe comercial

Muitos ainda pensam que o coaching é uma prática irrelevante. Porém, mal sabem que a prática de coaching pode gerar inúmeros resultados bons e de sucesso. Pensando nisso, antes de citar todas as regras recorrentes, conheça um breve resumo dos tipos de coaching a seguir:

O coaching um a um: Este tipo de treinamento é onde o gestor treina diretamente uma pessoa por vez. É considerada uma boa maneira de desenvolver sua equipe rapidamente.

Coaching baseado em situações: Este treinamento já é baseado no feedback imediato, onde o gestor acompanha as habilidades do membro treinado. É um treinamento importante pois facilita o entendimento, fazendo com que o coach entenda o que não foi feito corretamente ao desempenhar algo.

Observação em campo: Permite ao membro treinado uma habilidade mais clara, apresentando um modelo prático e tirando-o das situações de dúvidas. Um bom exemplo de uma atividade prática é convidar o coach para uma reunião de negociação, isso fará com que ele entenda o que é para ser cumprido.

Treinamentos e cursos: Faz com que o coach tenha mais uma habilidade, uma maneira rápida de se tornar mais produtivo. Mas, não se baseie somente nessas atividades, uma matriz de qualificação, por exemplo, pode ser o suficiente para que o membro tenha mais capacidade.

Esses são os quatro tipos de coaching mais conhecidos e utilizados pelos gestores, porém, há sempre uma preferência pelo coaching um a um, que é o mais poderoso por sinal. Mas, independentemente da escolha, é importante que todas essas categorias seja parte da rotina ao treinar sua equipe.

COMO OBTER SUCESSO AO TREINAR SUA EQUIPE COMERCIAL

 

Agora que apresentamos um resumo de cada coaching, vamos estabelecer as regras de um lado mais prático. Mas antes, saiba que cada treinamento passa por etapas, isso faz parte do processo. A importância de saber quais são as atividades que irá seguir daqui para frente, pode fazer com que ganhe cada vez mais experiências, gerando ótimos resultados. Confira a seguir todo esse processo:

1° passo: Saber onde quer chegar

Antes de dar o pontapé inicial, é importante saber aonde você quer chegar e o que vai representar sucesso, seja demonstrando na prática ou estabelecendo metas para um integrante da equipe, em que ele deverá cumprir.

2° passo: Valorizar a cópia


Pode parecer meio contraditório falar isso para um mercado que estimula a inovação. Mas, quando falamos em cópia, é replicar aquilo que funciona. Valorizar o que já foi feito pode ter um grande resultado em experiências.

3° passo: Obtenha um feedback rápido e afetivo


Passar um feedback assim que achar válido, é de grande importância e pode fazer com que o membro receba de uma forma mais clara e aprenda rapidamente. Feedbacks rápidos evitam que outros problemas aconteçam.

4° passo: Balanceie motivação e cobrança


O gestor não deverá somente ter o papel de incentivar, mas também será responsável por cobrar e pressionar, até que a equipe comercial alcance o sucesso esperado.